Bélgica: Namur

Em maio do ano passado a gente fez uma viagem para Bélgica-Holanda. Nós passamos por 5 cidades na Bélgica e a primeira delas foi Namur.

Chegamos no aeroporto de Bruxelas perto das 8 da manhã e pegamos um ônibus meio “cegamente” para ir até o centro da cidade. No meio do caminho vimos o nosso hotel, descemos do ônibus, deixamos as mochilas lá e seguimos para a estação central – onde comi o primeiro waffle (coisa linda). Não lembro quanto demorou a viagem de trem, mas estávamos em Namur ainda antes do meio dia.

Pra essa viagem, eu só fiz programação para Bruxelas e Amsterdam, então chegando em Namur fomos ao ponto de informações turísticas pegar um mapa. Fomos super bem atendidos, ganhamos ‘trocentos’ mapas e saímos conhecer a cidade. 

2013-05-10 06.33.45

Nós caminhamos pelo centro, entramos em algumas lojas, almoçamos um cone de batatas fritas (2,50 euros de pura alegria e gordura), e rumamos para os pontos turísticos.

Igreja Saint Loup

Construída entre 1621-1645, é considerada um dos mais belos edifícios barrocos do século XVII da Bélgica.

Tenso hein?

Eu já entrei em muita Igreja, porque eu sou a pessoa que SEMPRE coloca Igrejas nos roteiros. E essa com certeza é uma das mais bonitas que eu já vi. É bonita MESMO. Só que ela não é mais usada para serviços religiosos, somente para exposições e concertos. Inclusive, tava rolando  uma exposição de arte ‘muito da estranha’ lá dentro – tipo corpinhos nus em poses sugestivas. Mas isso não tirou a beleza da Igreja.

Dizem que nesta Igreja Baudelaire teve um ataque epilético, caiu e teve uma lesão cerebral da qual nunca mais se recuperou.

Catedral Saint Aubain – 1772

A Catedral de Saint Aubain é dedicada ao culto católico, e foi construída entre 1751 e 1767, em estilo barroco e neoclássico.

Citadela de Namur

A Citadela é uma fortaleza na confluência do rios Sambre e Meuse. Ela é originária da época romana, mas foi reconstruída várias vezes. Sua forma atual foi desenhado por Menno van Coehoorn, e aperfeiçoada por Vauban, após o cerco de 1692.

A cidadela original data de 937. Ele alcançou seu tamanho atual entre 1631 e 1675, quando a cidade estava sob o controle holandês. Em 1891 essa fortificação foi transformada num parque que oferece ótima vista da cidade.

2013-05-10 07.31.20 2013-05-10 08.06.32 2013-05-10 08.39.05

A citadela é o ponto turístico principal da cidade, e pra chegar até lá a pé é preciso caminhar um bocado – passamos cerca de 3h, 3h30 na cidade, e sempre caminhando. O centro da cidade também é muito interessante, onde você pode aproveitar pra fazer compras e comer sem enfrentar uma horda enlouquecida de de turistas, ou simplesmente caminhar. A cidade é bem simpática e não precisamos pagar pra entrar na citadela ou nas Igrejas.

Foi um passeio relâmpago, com certeza a cidade tem mais a oferecer aos turistas.

* A passagem, partindo de Bruxelas, ida e volta, para duas pessoas custou cerca de 27 euros. Fizemos o trajeto Bruxelas – Namur – Dinant – Bruxelas.

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *