Itália: uma tarde em Pisa

Pisa é aquele lugar que não pode faltar em uma primeira vez na Itália. Preconceitos a parte (é, sempre tenho um pé atrás quando o negócio é turístico demais), Pisa é um lugar incrível e, com certeza, um dos que mais gostamos de conhecer em toda a viagem.

Planejamos passar um dia em Pisa, com tempo pra ver somente o essencial. Muita gente diz que a cidade tem muito mais a oferecer do que a Torre e seu entorno, mas pra quem tem roteiro apertado é preciso focar. Chegamos em Pisa perto das 10h da manhã e, pra ganhar tempo, estacionamos bem pertinho dos pontos turísticos (estacionamento privado por um precinho bem ok, marquei em amarelo na foto abaixo).

Capture d'écran 2015-10-20 22.00.44

Eu sempre imaginei a Torre de Pisa lá sozinha e meio torta, sem imaginar seus arredores. Mas foi só ver o “panorama geral da coisa toda” que eu entendi porque tanta gente visita esse lugar.

A Pizza dei Miracoli é a praça onde a Torre Pendente se encontra, juntamente com o Battistero, a Catedral de Pisa e o Campo Santo. O conjunto da praça foi eleito Patrimônio da Humanidade em 1987.

praca

A Torre Pendente di Pisa é o campanário da Catedral de Pisa. A construção se iniciou em 1173 e, em 1178, quando a obra avançava para o terceiro andar, a torre começou a inclinar – graças a uma fundação mal feita em um solo instável. A construção foi finalizada na segunda metade do século XIV e, em 1990, interditada por conta da fragilidade da estrutura, que com o passar dos anos foi se inclinando cada vez mais. O processo de restauro, finalizado em 2001, garantiu a estabilidade da Torre pelos próximos 3 séculos. A Catedral de Pisa (Duomo) foi iniciada em 1064 e dedicada a Santa Maria Assunta, e é a sede de Arquidiocese de Pisa.

catedral

Battistero

A construção do Batistério de São João foi iniciada em 1152 e finalizada em 1363, e é um exemplo de transição do estilo românico para o estilo gótico. O edifício religioso redondo e com uma grande cúpula é o maior batistério da Itália e era o local onde os nobres de Pisa eram batizados.

battistero

Campo Santo

O Campo Santo, ou Cemitério Monumental, é o edifício mais novo da Praça dos Milagres. Diz-se que ele contém terra santa, trazida das Cruzadas. Sua construção começou em 1278 e concluída em 1464 e, além de túmulos dos mais influentes cidadãos de Pisa, também possui sarcófagos romanos e outras relíquias.

camposanto

Nosso passeio, que nos planos já era curto, foi ainda menor. Assim que chegamos em Pisa começou um temporal daqueles que guarda-chuva nenhum faz frente. Nós conseguimos caminhar até perto da torre e fazer umas fotos, mas assim que o aguaceiro começou nos refugiamos na entrada do Camposanto. Ali ficamos até uma trégua, onde voltamos pro carro pra seguir viagem.

  • Foi ruim, mas foi bem divertido!
  • Foi o fim da alpargata de corda!
  • Mesmo com o imprevisto, valeu super o passeio!

detalhe

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *