The Last Kingdom: BBC

The Last Kingdom é uma série produzida pela BBC e baseada nas Crônicas Saxônicas, série de livros de Bernard Cornwell. Começou a ser exibida em outubro de 2015 e a primeira temporada tem 8 episódios de +- 1 hora. O primeiro dos livros da série foi publicado em 2004, exatamente com o nome The Last Kingdom e, em outubro de 2015, foi publicado o 9º livro!

Ano passado eu vi bastante divulgação – eu diria uma quase ~comoção, aproveitando o gancho da série Vikings. Mas, incrivelmente, eu não ouvi mais nada depois da estreia.

Até início desse ano, quando a série chegou no Netflix aqui na Suíça – e com legendas em várias línguas, até em português!  E eu já assisti, já reli o começo da história e vou comentar um pouco o que achei.

De forma geral, sem spoilers:

A série é bem legal. Tem alguns probleminhas, demora um pouco pra engrenar, mas de uma forma geral, vale muito a pena assistir se você gosta de séries nessa temática. Aos fãs de Vikings, é uma opção bacana pra acompanhar um desenrolar da história sob outro ponto de vista. A propósito, a série foi super bem recebida por aqui e teve várias críticas positivas! Veja o trailer:

Em comparação com os livros – spoilers!!!

A série é, de uma forma geral, fiel aos livros. Eu diria que a adaptação me lembra muito a adaptação de Game of Thrones: começa muito fiel e, conforme o desenrolar de muitas tramas e a adição de novos personagens, algumas coisas são levemente modificadas pra manter o enredo mais simples. Alguns personagens somem, outros ganham incumbências que não eram deles, as falas de um vão parar na boca do outro…. Mas num geral os personagens principais estão ali e os acontecimentos também – só talvez não como você lembra.

A caracterização dos personagens, em termos de personalidade, é bem ok. O Uhtred é tão estúpido e arrogante quanto só ele sabe ser (ok, e a gente gosta dele igual); o Alfredo, devoto, inteligente e odioso; Ragnar é mesmo amável; e o Beocca tem uma santa paciência. Não espere ver Ivar Sem Ossos ou Halfdan: o único dos irmãos Lothbrok que aparece é o Ubba. E também tem o Guthrum, muito menos macambúzio que o necessário.

Agora, a caracterização física… essa é fogo! Uhtred devia ser loiro, mas é moreno; Ragnar Intrépido devia ser loiro, mas é moreno; e o Ubba, que devia ser moreno…é loiro! É a festa do inverso!

Lembro que na divulgação da primeira imagem da série, muita gente se revoltou quando viu um Uhtred moreno. E isso pode parecer bobo, mas quem leu os livros sabe a importância que a cor dos cabelos dele tem para a trama como um todo. Enfim né, nada que atrapalhe o decorrer da série por enquanto, mas acharia muito bacana se os personagens fossem mais fiéis às descrições e, por conseguinte, às imagens que a gente cria deles.

Outro ponto extremamente importante a comentar é que a série anda mais “rápido que os livros”. No final da primeira temporada nós já estamos no final do segundo livro, após a batalha de Ethandun. E se a ideia de apressar os fatos foi boa, o resultado final não foi tanto. Digo, na minha opinião, que a pior falha da série é passar rápido demais (ou quase nem passar) pelo tempo em que Uhtred esteve com Ragnar Pai e sobre o que aconteceu antes do serviço à Alfredo.

Isso porque, de repente, Uhtred é um “grande guerreiro” e a gente nem viu como isso aconteceu. **Vamos lá, eu vou te respeitar mais e te dar mais crédito se eu ver um pouco de suor e sofrimento enquanto vejo você se tornando um adulto! Mostre-me o fundamento da sua arrogância!**

Além dessa pequena falha na construção do personagem a série também deixa subentendida qual é a importância dele para Alfredo – e pro seu sonho de Inglaterra.

“… (Alfredo) previa um tempo em que precisaria de um homem da Nortúmbria para convencer o povo do norte a aceitar um rei do sul”.

Minha sensação, after all, foi a mesma que tive quando assisti a primeira temporada de Vikings. Não me conquistou nos primeiros capítulos, mas depois começam umas intrigas, a gente começa a odiar umas pessoas… e fica envolvido. Eu realmente espero que a série alcance o sucesso que Vikings está alcançando e eu já estou pronta para a segunda temporada! Que, por sinal, já está confirmada e será gravada nesse ano! Porque né, tem muita treta pra resolver nessa história ainda!

  • caso não esteja disponível no Netflix brasileiro, não custa fazer uma pressão!

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *