Lausanne: descarte do lixo

A vida é a vida em qualquer lugar. As pessoas dormem, acordam, trabalham, almoçam, estudam, vão ao supermercado…. mas algumas coisas podem ser diferentes, alguns detalhes no meio dessa rotina toda. Quando a gente se muda, é preciso atentar para algumas regras que regem a vida cotidiana do seu novo “habitat” e que você deve seguir. Uma das coisas que eu demorei um pouco pra acostumar aqui foi com a coleta de lixo, que segue um esquema um pouco diferente do Brasil.

Nouveau_reglement_municipal

Aqui em Lausanne, o lixo é descartado basicamente de 4 formas:

1) Porta a porta:

Nos prédios existe coleta semanal de papel/papelão, vidro, resíduos vegetais (para compostagem) e do “saco branco”. Vidros, papéis e resíduos vegetais são jogados diretamente nos conteineres, nada de usar sacola plástica.

O saco branco

O saco branco é o saco em que você descarta o lixo “em geral”, aquele que não pode ser reciclado. É um saco especial, comprado nos supermercados. Cobrar pelos sacos de lixo é a forma que o governo encontrou de criar uma taxa diretamente proporcional a quantidade de lixo gerada: quanto mais lixo você produz, mais sacos de lixo você usa, mais você paga.

Os preços dos sacos:

sacobranco210 sacos de 17 litros: 10 francos

10 sacos de 35 litros: 20 francos

10 sacos de 60 litros: 38 francos

5 sacos de 110 litros: 30 francos

No início eu achava esses preços absurdos, mas com o tempo acostuma. Hoje nós utilizamos sacos de 35 litros, e considerando 1 franco=2,60 reais, nós estamos pagando R$ 5,20 por cada saco de lixo que descartamos…

Mas que tipo de lixo podemos colocar no saco branco?

Lâmpadas incandescentes, embalagens de bebidas/creme de leite/leite, velas, garrafas de azeite e vinagre, fraldas, toalhas, absorventes, embalagens de plástico ou bandejas que tenham contido carnes, papel sujo e papelão, toalhas de papel, caixas de pizza, potes de iogurte, produtos de higiene (cotonetes, escovas de dente, esponjas), lâminas de barbear, embalagens de cosméticos, sobras de alimentos, resíduos de limpeza, têxteis e calçados inutilizáveis….

sacobrancoFonte: www.letemps.ch
 

O destino do saco branco é a incineração para geração de energia elétrica. Quando uma família tem um bebê, ela ganha 80 sacos de 35 litros (ou 160 sacos de 17 litros) pra compensar a quantidade de lixo produzida com fraldas. Pessoas que por algum motivo de saúde (incontinência urinária, por exemplo) venham a produzir mais lixo, tem direito a sacos gratuitos.

2) Pontos de coleta fixos: 

Existem 77 pontos de coleta fixos onde podemos despejar o ferro branco, o alumínio, o óleo de cozinha, roupas e calçados (em bom estado de conservação).

3) Centros de eliminação de resíduos:

Para todos os outros itens não citados acima, existem os centros de eliminação de resíduos, ou “décheteries” , que aceitam todos os tipos de resíduos. Existem 5 décheteries fixas, e outras móveis (caminhões), que vão passando de bairro em bairro (1 vez ao mês).

4) Devolução nas lojas:

Material elétrico e eletrônicos podem ser devolvidos nas lojas, os remédios podem ser devolvidos nas farmácias (algumas), e os produtos químicos podem ser devolvidos onde foram comprados. Alguns plásticos podem ser reciclados, como as garrafas PET (que podem ser depositadas nos supermercados), e os outros, contaminados, são destinados pra incineração (no saco branco).

*********

Todo ano a gente recebe um folheto pra relembrar as regras básicas do descarte, para apresentar novas regras, e também pra conferir o endereço dos postos de coleta fixos e datas/endereço dos postos de coleta móveis.

Pra quem estava acostumado a dividir lixo em “orgânico” e “seletivo”, o processo aqui é um pouco mais complicado. Seguidamente a gente fica com dúvida de como descartar certas coisas, ou então recorre ao folheto pra descobrir quando e onde colocar fora.

Onde moramos agora, que é meio zona rural, só tem coleta do saco branco e dos resíduos vegetais semanalmente. A coleta do papel/papelão é feita quinzenalmente, e para todos os outros tipos de descarte, a gente tem que caminhar (e muito) até o posto de coleta. Então a gente acumula (principalmente vidro, alumínio e ferro branco), coloca tudo em sacolas e tira um tempinho pra levar tudo no ponto de coleta – o passeio do lixo.

Para mais informações a respeito do assunto, acesse www.lausanne-recycle.ch.

Você também pode gostar de:

2 Comentários

  1. Oi Monique! me mudei recentemente para Lausanne e teus posts têm me ajudado muuito a entender a vida aqui!! Obrigada e siga postando, svp!!!

    1. Ola Débora!
      Bom saber que os posts tem ajudado! Continuarei postando sim, só preciso me inspirar em temas cotidianos, heheheh. Se tiver sugestões me envie!
      Espero q goste da experiência de viver em Lausanne tanto quanto eu gosto!
      Abraços!

Deixe uma resposta para Débora Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *