Lausanne: Museu Olímpico

O museu  Olímpico finalmente reabriu suas portas no dia 21 de dezembro de 2013, depois de quase 2 anos fechado para renovação (ao custo de 55 milhões de francos). De 21 de dezembro a 24 de janeiro o museu ofereceu entrada gratuita para todos, e nós aproveitamos pra conhecer.

Agora, é preciso pagar o ingresso para visitar. O valor do ingresso adulto normal é de CHF 18, o que é um pouco caro  – mas certamente vale a pena. Mais informações de preços e horários aqui.

O museu tem três andares de exposições, mas eu não encontrei uma descrição sobre esses espaços no site. Pelo que eu me lembro, a exposição se inicia pela Grécia, com descrições dos primeiros jogos olímpicos e um pouco da cultura grega, e vai seguindo cronologicamente, passando pelo  resgate dos jogos pelo barão Pierre de Coubertin. Passada essa seção “surgimento dos Jogos Olímpicos”,  é possível ver as tochas de todas as Olímpiadas, as medalhas, os mascotes, roupas e equipamentos dos atletas, instalações das vilas olímpicas, maquetes…

Esqueça aquelas museus em que você se olha e não pode mexer em nada: o Museu Olímpico é super interativo! Em todas partes da exposição você pode interagir e descobrir coisas novas, seja abrindo gavetas, tentanto descobrir as tochas pelo tato, trocando datas para descobrir quando certos esportes foram incorporados (ou excluídos) dos jogos… No último andar tem uns joguinhos – que sempre estão tomados por crianças, então não sei descrever como são. Também dá pra reassistir alguns momentos emocionantes de aberturas dos jogos, e “vídeos especiais com músicas emocionantes de superação” de momentos importantes das Olímpiadas.

Além de tudo isso, o museu fica num lugar lindaço! A vista pro lago Léman é demais, e na parte da frente tem um jardim muito bacana, cheio de curiosidades e mais interatividade (onde podemos encontrar o “fogo olímpico”). Por exemplo: tem uma pista de corrida que quando você passa na linha de largada, luzes na lateral vão demonstrando a velocidade do Usain Bolt nos 100 metros (9 sec 58)… Quando você tá passando da primeira luzinha o homem já se foi….

Algumas fotos, só pra ilustrar:

mix1 mix2 mix3 mix4 mix5 mix6 mix7 mix8

Saindo do Museu Olímpico você está em Ouchy, que é a parte mais agradável e bonita da cidade, na minha humilde opinião.

O Museu Olímpico é muito legal e vale muito a visita, mesmo que você não seja um grande amante dos esportes. Esqueça museus chatos e silenciosos, o Museu Olímpico é super divertido – claro que o tema ajuda né. É um museu super moderno e interessante e você pode passar horas lá dentro sem se cansar, porque sempre tem algo pra descobrir e futricar.

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *