Sobre o frio – e o patinoire!

Morar no RS as vezes pode ser um pouco estranho. No verão, o país inteiro passa calor e a gente tá lá praticamente se cozinhando (se for em Forno Alegre então, a gente tá cozido já). Aí chega o inverno, o resto do país tá ‘de boas’ e a gente tá lá sofrendo num frio desgraçado. Frio desgraçado do tipo que neva.

giphy4 Eu cheguei aqui em novembro e de cara enfrentei uns dias bem frios. Frio de renguear cusco. Da metade de dezembro até agora a temperatura tem se mantido agradável. Você sabe que algo está mudando quando você considera temperaturas de 0 a 5 graus como ‘agradáveis’. Eu ainda não vi nevar substancialmente – chega a ser ridículo dizer que eu já vi nevar mais em Caxias do que na Suíça. Claro que aqui eu já muuuita neve acumulada, mas neve caindo mesmo, vi só uma vez e bem pouquinho.

O bom dessa temperatura ‘agradável’ é que a gente consegue suportar usando as mesmas roupas que lá no Brasil. Uma meia calça quentinha por baixo do jeans, uma manga longa, malha e jaqueta dão conta do recado. Não faltam opções de botinhas e tênis com pelinhos pra manter os pés quentinhos. Eu, particularmente, já estou cansada do inverno: é o meu terceiro inverno seguido. Mas eu nem quero pensar nisso porque eu sei que o pior ainda não passou.

Aqui a maioria dos ambientes é climatizado, então você só vai precisar da jaqueta quando estiver na rua mesmo. Isso significa duas coisas: nada de usar roupa feia por baixo; e a dança do casaquinho! Conforme você vai entrando e saindo dos ambientes vira um tal de tira casaco, põe casaco, tira casaco, põe casaco…

Mas, tirando isso, o inverno aqui tem muitas coisas legais! Primeiro, as paisagens com neve que são, de fato, paisagens de cartão postal. Ou então ligar a tv e assistir campeonatos de patinação no gelo! Me dá uma agonia olhar aquilo: eu fico esperando o momento em que as pessoas vão cair e imaginando como elas não ficam tontas de tanto girar, girar, girar…

giphy19

Sabe quando as mães dizem: nossa, olhando assim parece tão fácil! Não, não parece. Nem olhando parece fácil. Colocando um patins nos pés então, Jesus!

Aqui em Lausanne (e na maioria das cidades pra falar a verdade) são instalados patinoires – patinoárrrr–  entre os meses de novembro e março. Aqui em Lausanne o Patinoire* fica no Flon, bem no centro (perto do cinema), e você pode alugar um patins por 5 francos e usar por quanto tempo quiser, ou então levar o seu próprio patins! Dado que eu não sou uma grande patinoradora, eu comprei o meu numa loja de usados pela incrível soma de 9 francos. Enfim, é um programa bem divertido! Sempre tem alguém que patina muito bem humilhando geral, fazendo mil manobras com um copo de café na mão, mas sempre tem também aquelas pessoas que não conseguem nem ficar de pé com o patins!

*O Patinoire do Flon é gratuito, mas existem opções pagas tbm.

Outra coisa bacana é encontrar pessoas no final de semana com seus esquis e snowboards no metrô, a caminho de alguma estação. As pessoas daqui realmente curtem esses esportes, têm seus equipamentos e aproveitam os finais de semana pra esquiar!  Nós já fomos no Matterhorn – mas só pra turistar mesmo – e encontramos pessoas de todas as idades lá praticando esportes e super curtindo o inverno. Estamos considerando fortemente a possibilidade de ir pra alguma estação, alugar os equipamentos, procurar a pista ‘ultra iniciantes’ e cair um tombos lindos! Quando isso acontecer, eu conto aqui =D

giphqqy Enfim, o inverno aqui é frio que dói mas também tem muita diversão!

*** E é muito melhor que o verão de Porto Alegre. Aliás, dificilmente algo é pior que o verão de Porto Alegre.

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *