Zoo de Servion

Estávamos ensaiando, há algum tempo, fazer algo diferente no final de semana: um passeio rápido e, de preferência, barato. A maioria das opções que se encaixam nesse critérios nós já visitamos, e aquelas opções mega turísticas nós preferimos deixar pra fazer quando recebemos visitas (pra não ter que fazer duas vezes). Existem vários destinos incríveis aqui perto de Lausanne mas, infelizmente, os preços não são nada convidativos pra quem planeja um passeio inocente de fim de semana.

Acabamos optando por conhecer o Zoológico de Servion, que é bem pertinho de Lausanne. Eu não sou assim muito fã de zoológicos porque eu tenho pena dos animais, porém, o passeio estava dentro das expectativa$ e o zoo fica em uma região que não conhecemos.

Servion é uma outra cidade, mas é muito fácil e barato chegar lá. Se você está no centro de Lausanne é só comprar um passe válido para as zonas 11, 12, 18 e 65, que custa 7 francos (só a ida), ir até a Estação Sallaz do M2, pegar o ônibus 65 direção Servion Zoo e descer na última parada. Essa não é a única rota, mas achamos a melhor. E como temos o demi tarif (meia tarifa), pagamos 7 francos cada um pela ida-volta.

Eu comecei a achar o passeio ultra divertido assim que chegamos na Sallaz: o ônibus 65 é um ônibus de 2 andares, e eu obviamente me emocionei e sentei lá em cima, bem na frente! Demora cerca de 30 minutos pra chegar até o Zoo, mas o trajeto é muito interessante: área rural com plantações, celeiros e vaquinhas gordas pastando, pequenos “vilarejos” e montanhas ao fundo – eu me senti em ônibus de excursão.

zoocaminho

Chegando lá, existem 2 atrações: o Zoo e o Tropicarium. Você pode comprar entradas separadas pra cada um deles ou uma entrada combinada, que sai mais barato. Nós não achamos o Tropicarium lá grandes coisas, então compramos entrada só pro Zoo e pagamos 10 francos cada um. O Zoo estava lotado de famílias com milhares de crianças e carrinhos de bebês – o esperado para um domingo.

O Zoo de Servion não é grande, mas tem animais bem diferentes dos que tem nos zoos do Brasil (ex: animais típicos de climas frios). Mas o maior diferencial desse zoo é que se pode ver a alimentação de alguns animais. Logo na entrada (e no site também) tem a lista de horários de alimentação de cada animal (sempre a tarde).

zoo1Cabrito, pônei, bisão, renas e cervos

zoo2Porquinhos da índia, porco espinho, cerval (lince-ibérico/gato-cravo), raposa do Ártico e macaquinhos

zooleaoLeão e Leoa

zoolinceLince

zooloboLobo do Ártico

zoopanteraPantera das Neves

zootigreTigre

zooursoUrso

Nós acompanhamos a alimentação das panteras das neves, dos leões, do tigre e do lince. Com exceção do lince, que o tratador só coloca a comida na grama mesmo, os outros animais tem “cabines” de alimentação com vidro, então os visitantes podem ficar ali bem pertinho observando tudo (como dá pra perceber nas fotos). O Zoo tem muitos outros animais (que não fotografei), e também tem área de pique-nique, restaurante, banheiros, estacionamento gratuito… realmente é um passeio bacana principalmente pras famílias.

Pra quem vai de busão, no domingo o ônibus 65 passa de hora em hora, então é preciso se programar lá dentro do Zoo pra não ficar esperando demais na parada. Nós chegamos às 14h e às 16h30 estávamos indo embora, e nesse meio tempo passeamos pelo zoológico inteiro duas vezes e tomamos um picolé. Enfim, eu não acho um passeio imperdível pra quem está em Lausanne a turismo, mas pra quem mora aqui e quer fazer algo diferente sem gastar muito é uma boa opção.

Você também pode gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *